Visão de uma imigrante: o que mudou no Brasil?

Oi pessoal!

Hoje decidi escrever um pouco sobre o que mudou sobre a maneira como eu vejo o Brasil hoje. Nesses 2 anos e 3 meses que me mudei para o Canada, posso dizer que eu vejo o Brasil com outros olhos hoje. E eh muito triste o que eu tenho a dizer. Quando eu me mudei para Montreal, eu estava cansada da violencia, de ter sido obrigada a ver com naturalidade dezenas de pessoas sendo assassinadas por dia no pais. Eu me acostumei a nao sacar dinheiro nos caixas eletronicos e usava debito para tudo, pq nunca tinha dinheiro na carteira, pq eu tinha medo de explodirem o caixa eletrônico – embora a propria policia tenha aconselhado a sempre ter consigo o “dinheiro para dar p o ladrao nao ficar chateado”. Eu me acostumei a nunca pegar onibus no horario, a ter que ficar sufocada dentro do metro para trabalhar. E hoje eu vejo o quanto eu havia perdido a nocao da gravidade dos problemas que eu enfrentava. As coisas que eu citei acima que eu achava “normal”, nao poderiam jamais ser vistas com naturalidade. Muita coisa mudou com a minha vinda para o Canada, mas o que mudou principalmente fui eu. Viajei para o Brasil no ano passado e eu senti um medo que eu nunca pensei que poderia sentir, eu nao tive coragem de sair com meu celular na mao, coisa que eu sempre fiz! Eh triste pq na verdade eu sei que o medo que eu senti nao eh “anormal”… o que era anormal era eu estar acostumada a viver em um lugar onde a violencia eh normal!

Leio muitas noticias sobre o Brasil, e quanto mais eu leio, mais fico chocada. E triste. Pq eu nao moro no Brasil, mas minha familia e amigos estao la. E eh muito triste ver o pais afundado em corrupcao e violencia, e eu sou obrigada a confessar, que o que eu sinto nao eh soh tristeza. Sinto tambem muita felicidade e alivio por nao estar mais la, por saber que estou longe de toda essa corrupcao, violencia, falta d’agua, inflacao, desemprego, etc. Sao coisas tao simples que eu vivo aqui e que eu penso “poxa, podia ser assim no Brasil”.

Quando a gente esta morando no Brasil, a gente sabe que a situacao eh complicada, mas vendo de longe, parece o apocalipse, pq as noticias que eu vejo, sao soh coisas ruins e alarmantes! Eu cancelei meu acesso a Globo Internacional pq eu ja estava exausta de ver tanta noticia ruim, ficou cansativo, desgastante.

Uma das coisas que eu mais gosto aqui eh a liberdade que eu tenho de andar a hora que eu quiser na rua, as vezes a noite saio p bater perna, andar de bicicleta, tudo isso sem medo. A Paz que eu tenho aqui eh algo que todos brasileiros mereciam ter.

Eu nao tenho duvidas que imigrar me fez perceber o quanto eu amo o Brasil, eu nao sabia que eu amava tanto ate vir pra ca. Amo a ponto de brigar com quem fala mal do meu pais – brigo mesmo, sou brava! GRRRR!!!! 

Da mesma forma que eu descobri que amo demais o meu Brasil, eu me apaixonei irreversivelmente e perdidamente pelo Canada. Criei um amor enorme por esse pais que me acolheu e que e permitiu refazer a minha vida e ser muito feliz aqui. Eh estranho, pq eu sou mineira e morei 9 anos em Sao Paulo, e eu nunca me senti “em casa” em SP como eu me sinto aqui. O Canada eh o lugar que eu consigo realmente sentir que eh o meu lar, acho que talvez por causa da sensacao de liberdade que eu tenho aqui, de poder viver tudo o que ha p viver sem ter medo!

Eu gostaria MUITO que o Brasil melhorasse, queria ver o pais realmente progredindo, sem violencia, sem gente morrendo em fila de hospital… mas infelizmente, eu acho que eu deixei de acreditar no pais. Acho que eu nao tenho mais motivos para acreditar em mudanca, entao acho que hoje, pensar em um Brasil melhor, se tornou praticamente uma utopia. E eh por isso que cada vez mais eu estou me afastando de noticias do Brasil, pq eu nao vejo a luz no fim do tunel chamada progresso.

Sei que muita gente vai criticar o que eu disse, mas eu nao tenho vergonha de dizer que eu sou brasileira, e eu desisti.

Aproveitando o post para falar do meu processo: finalmente, na proxima semana vou pedir meu visto PR! 

Ate mais! =)

por Camila

ACABOU A ESPERA!!! Recebi meu CSQ em casa, thx God!

Bonjour a tous!

Para quem me acompanha nas redes sociais ja esta sabendo que ontem eu tive a surpresa de receber meu CSQ em casa, finalmente depois de 3 meses e meio de espera! Foi totalmente surpresa p mim, pq eu pedi em janeiro e no comeco de fevereiro eu recebi uma carta pedindo que eu enviasse minha nova permis de travail, mas eu ainda nao recebi a permis, entao mandei uma carta com o LMO e o CAQ e eles responderam que nao aceitavam isso, que tinha que ser a permis e que eu tinha ate dia 26 de marco para enviar. So que o consulado, sabe Deus pq, ta demorando demais p processar as demandas! Ai eu liguei no MICC e expliquei minha situacao e a agente pediu p eu mandar uma carta pedindo um prazo alem de 26 de marco pq ate essa data eu nao receberia a permis do CIC. Entao, foi oq eu fiz, escrevi uma carta simples, explicando q meu chefe pediu a renovacao dos meus papeis em agosto mas que o LMO demorou p sair e quando chegou tava errado, e q por isso eu demorei p pedir a renovacao da permis, pq nao tinha o LMO p mandar p o CIC!

Ontem quando vi o envelope na minha caixinha de carta, eu tinha certeza que era o meu TCF que eles tinham mandado de volta, pq eu pedi p eles me devolverem caso o meu pedido de tempo extra fosse recusado. Mas p minha total surpresa, quando abri o envelope vi isso:

IMG_0187

Eu nao tenho como descrever oq eu senti!!! Eu comecei a rir e chorar, liguei p minha amiga Ludhimila p contar pq ela tinha q ser a primeira a saber!!! Ela sabe o quanto eu sofri esperando por esse dia!!! Quem acha q foi facil p mim por ser pelo PEQ nao conhece minha historia!!! Nao sabe quantas noites eu fiquei sem dormir com medo de meu plano falhar!!! Nao tenho duvida de q o q fez meu projeto dar certo, foi a minha PERSEVERANCA! Tenho certeza q muita gente no meu lugar ja teria chutado o balde e mandado o Quebec p o inferno! Mas como eu poderia desistir de um sonho q existe ha mais de 6 anos no meu coracao??? Quem acompanha o blog sabe que eu comecei a estudar Frances em 2009, e desde la to me preparando p imigrar! Mas houveram tantas mudancas ao longo dos anos q cada vez mais eu tinha medo de nunca conseguir realizar meu sonho, porem nunca passou pela minha cabeca desistir! Ainda bem que eu nao desisti! Ainda bem q eu sou persistente e perseverante p caralho! Hoje eu olho p tras e me lembro de quando eu tava em SP vendo o povo imigrando e eu so conseguia pensar em quando ia chegar minha vez! E depois de quase 2 anos morando em Montreal, trabalhando aqui, tendo minha vida aqui, eu nao sei se conseguiria mais voltar p o Brasil, eu amo demais minha vida aqui, meus amigos, minha rotina! E amo muito mais agora sabendo que posso ficar aqui p sempre agora!!! Os documentos so comprovam oq eu ja sabia, Montreal é minha casa, meu lar, onde eu me sinto feliz, meu aconchego!!!

O processo federal deve terminar ate dezembro!

So Deus sabe o quando eu esperei pelo dia que escreveria esse post emocionado!!!

Para quem quer saber como foi todo meu processo, leia o blog inteiro! Nao tem muitos posts e explica tudooooo sobre oq eu fiz!

Duvidas, deixem comentarios que eu responderei a todos!!!

Boa sorte a todos e nao desistam! Se eu tivesse desistido, hoje nao estaria escrevendo esse post! 😉

por Camila

Enfim… CSQ saindo do forno!!

Ola a todos!!!
Post rapidinho e curtinho so para contar que no dia 5 de janeiro eu mandei meu dossie e no dia 12 foi debitado, entao ca estou a beira de um colapso de ansiedade!
Ele ta chegando! uhuuuuuuu!

Certificat-de-Selection-de-Quebec-Noticias-Montreal-Gaby-Aguzzi

Ele deve estar em minhas maos no maximo ate 6 de fevereiro… eu nem preciso falar como ta meu coracao ne??? Quem me conhece sabe a luta que foi e esta sendo!!!

O proximo post ja sera para contar sobre a chegada do meu passaporte da alegria!!!

Bonne chance a tous! Feliz 2015!!!

por Camila

Imigrantes: Por que eles voltam para o Brasil?

Ola pessoal,

Primeiramente, antes de começar esse post, gostaria de dizer que eu nao pretendo voltar a morar no Brasil, pelo menos pelos proximos 100 anos.

Agora vou começar a falar, e o que eu posso dizer de imediato é que eu conheci dezenas de pessoas que diziam a mesma coisa que eu quando estavam esperando seus vistos ou até mesmo nos primeiros anos de Canada. E muitas dessas pessoas voltam, cada uma com seus motivos. Vou citar os principais motivos que eu percebo que faz com que os imigrantes voltem para o Brasil:

Frio

Eu sei que para a maioria dos futuros imigrantes, quando se fala no inverno québécois muitos dizem “isso eu tiro de letra” ou “prefiro fugir de frio do que fugir de bala”, mas a verdade é que o frio de -40ºC nao parece ser tao frio quando se esta no calor da emocao com a ideia de ter uma vida melhor em um pais de primeiro mundo. É impossivel saber como voce vai reagir ao frio sem ter vivido na pele. E muitas vezes, 2 invernos nao sao suficientes.

frio

Conheci varias pessoas que voltaram e que disseram claramente que nao suportavam mais ficar 5 meses por ano tirando neve da porta de casa, ou tendo que se equilibrar quando cai a porcaria da pluie verglaçante. Para quem nao sabe o que é, é uma chuva estupidamente gelada, que quando bate na superficie forma uma placa de gelo. Isso mesmo meus amigos, GELO. Nao é neve fofinha para cair de bumbum no chao e nem sentir nao, é gelo! Ano passado presenciei algumas tempestades de verglas e posso dizer qe nao é nada legal, a cidade virou uma verdadeira pista de patinacao ao ar livre, eu tinha comprado umas garrinhas de ferro para prender na bota e nao escorregar, e mesmo assim tomei varios OLÉÉÉÉÉ até chegar no trabalho! Dizem que uma das certezas do inverno é 1 tombo, entao eu estou com 2 tombos “em a ver”, pois passei 2 invernos no Québec e nao cai nenhuma vez! Mas vi varias pessoas escorregando, caindo com os 4 pneus pra cima, cachorrinhos derrapando na calcada… tadinhos!

Saudade da familia e amigos

Esse é um ponto muito comum também, e para muitas pessoas, pode parecer controverso o que eu vou dizer. Muitos casais imigram com filhos ou tem filhos aqui, e a maioria deles imigraram porque queriam dar uma vida melhor para os filhos… e depois de um tempo eles voltam! Por que? Sao malucos? Sao bipolares? Perderam o juizo? NAO. O motivo é simples: as opinioes mudam, os sonhos mudam. Vi algumas familias voltarem e ao perguntar a razao, muitos disseram “nao quero ver meus filhos longe dos avos, dos tios, perdendo o convivio com os primos etc”. Isso para muita gente pode ser uma grande baboseira, muitas pessoas sao desapegadas da familia e vivem bem com isso. Eu sou assim. Mas muita gente sente falta dos Natais com 300 pessoas na casa da voh, ou de ir para a praia com a familia no feriadao, ou juntar todo mundo na Pascoa para trocar ovos, porque a menos que voce ganhe muito bem e possa ir varias vezes por ano ao Brasil, voce vai perder muitas datas importantes. E Skype nao é a mesma coisa, Skype nao da abraco, e acho que muita gente acha abraco importante. Agora voce pode se perguntar, “ué, mas eles nao sabiam que isso ia acontecer antes de irem? entao por que foram?”, para mim a resposta é simples: porque a gente so sabe REALMENTE como vai reagir a uma situacao quando estiver passando por ela. Muitas coisas acontecem e fazem com que as pessoas mudem de ideia, que aquilo que parecia ser a 8ª maravilha do mundo, deixa de ser tao maravilhoso assim.

Profissao

Nem todo mundo que vem tem uma profissao com o mercado super forte, as vezes demora até a pessoa conseguir uma colocacao no mercado de trabalho por varios fatores: falta de vagas, dificuldade com o idioma, demora para conseguir validar diploma, dificuldade de conseguir a primeira oportunidade para ter a famosa “expérience québécoise”, demora para entrar nas ordens (quando é o caso). Muitas pessoas chegam e tem que praticamente refazer a faculdade se quiser continuar atuando na mesma area em que atuava no Brasil, ou entao mudam de area e depois sentem falta da profissao que tinham no Brasil e resolvem voltar. Alguns imigrantes tem que “dar um passo (ou varios) para tras” quando chegam, tendo que aceitar um cargo abaixo do que tinham no Brasil por nao terem experiencia e referencia aqui, e com o tempo ficam frustrados, se sentem diminuidos por terem “regredido”. Do meu ponto de vista, nao conto isso como regresso, pois é o comeco de uma vida nova. Dizem que imigrar é nascer de novo em outro pais, e eu concordo totalmente.

Separacao/Divorcio

Pois é, o casal faz o processo de imigracao juntos, sonham juntos, fazem planos para a nova vida, se mudam, seguram a barra um do outro… mas assim como no Brasil, o povo aqui tambem se separa. Imigrar nao é garantia que vai ficar casado forever. E muitas vezes um dos dois acabam voltando porque o sonho canadense fica incompleto, tudo foi planejado para ser feito a dois, e quando um se ve sozinho, perde a vontade de seguir o sonho gelado sozinho.

Fim de um projeto

Alguns imigrantes fazem o processo para ter acesso mais barato e facil as universidades daqui e ao fim do curso, decidem ir embora. Também ja vi casos de pessoas que imigraram somente para ter uma experiencia profissional no exterior e estudar ingles, mas que sempre tiveram planos de voltar ao Brasil.

Para concluir esse post, exceto o ultimo item, nada foi planejado. Por mais que as pessoas soubessem que ficariam longe de suas familias, que perderiam datas importantes, que soubessem que aqui faz -40ºC, que teriam que recomecar suas carreiras, elas ainda nao tinham vivido isso. Eu acho que é mais ou menos como o divorcio, fazendo uma analogia… todos casais que se separam fizeram planos de ficar juntos para sempre, compram casa, fazem festa de casamento, compram coisas juntos, e depois se separam. Isso se esclarece quando pensamos que por mais que a gente planeje o futuro, nao somos completamente responsaveis por nosso destino. Nunca julgue uma pessoa que esta voltando como fracassado, cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é… cada um sabe dos seus sofrimentos, seus anseios, suas angustias. Cabe a nos fazer nosso dever de casa para que a imigracao tenha sucesso (estudar Frances, Ingles, pesquisar mercado de trabalho, etc) e o futuro, a Deus pertence! =)

O mais importante é que tenha valido a pena!

Termino o post de hoje com um video… ah, l’hiver!

Deixem comentarios, eu gosto de saber da opiniao de vcs!

 

deixe-seu-comentário-a-força

A bientot!

por Camila

AVISO IMPORTANTE – Facebook

Pessoal,

Muita gente me manda inbox me perguntando coisas similares, me desculpem mas eu nao vou ficar respondendo um por um. Usem os comentarios pois a sua duvida pode ser a duvida de outra pessoa e ai eu nao preciso ficar respondendo 20 vezes a mesma coisa.

Também deixo claro que nao adiciono desconhecidos.

Obrigada.

por Camila

PEQ: Chegou a hora, vou ser residente permanente!

Bonjour a tous!

Eh com imensa alegria, com o coracao explodindo de felicidade que eu venho compartilhar com vcs que depois de muito trabalho, muito estudo, muito choro, muito frio na barriga… chegou a minha vez!

51e2244ac6313f7a01b3ea53d2f1bf6a

 

Ja completei o periodo de 12 meses de trabalho e por isso sou admissivel ao PEQ! Nao tenho como descrever a Paz que isso me trouxe, estava contando os dias para chegar meu “work birthday”. Meu CSQ deve estar em minhas maos daqui uns 2 meses, no maximo. Faz 1 ano e 3 meses que cheguei em Montreal, com tantos sonhos, tantos projetos, tanta vontade de refazer minha vida nessa terra que eu escolhi para ser meu lar… sei que muitos que vem, acabam se desapontando quando veem os problemas da cidade/provincia, mas eu sou completamente apaixonada por Montreal, me sinto verdadeiramente acolhida e em casa. Fiz amigos que sei que posso contar a qualquer momento, ja ri e ja chorei muito com eles. E em breve eu vou enfim ter um bom motivo para chorar muito, dessa vez de alegria!!! Como eu sempre digo, Deus nao abencoa pela metade!

believe

Falando sobre as mudancas do processo de imigracao e dos problemas, gostaria de deixar um recado para quem esta no processo de imigracao ou deseja aplicar em breve. Imigrar nao eh facil, eh muito mais que mudar de pais. O processo esta cada vez mais dificil, mas se eh realmente o seu sonho, se eh seu projeto de vida, vc nao deve desistir, nunca. Sempre existirao alternativas, alguns caminhos mais faceis/rapidos do que outros, mas todos exigem esforco e muita, muita perseveranca. Eu recebo direto mensagens de pessoas que me perguntam se foi facil achar emprego aqui, e a resposta eh que NAO, nao foi nada facil! Ainda mais na situacao que eu vim, com visto de estudo e trabalho, dependendo da boa vontade da empresa encarar a burocracia do AMT/LMO para me apadrinhar. Eu cheguei a pensar que nao conseguiria, mas eu consegui, e o principal motivo de eu ter conseguido eh que mesmo depois de receber dezenas de respostas negativas, eu nao desisti…. mesmo com o rolo que deu com meu visto (leia os posts anteriores que vc vai saber o que aconteceu). Eu passei e ainda passo por muitos problemas aqui, alguns deles que eu nunca tive no Brasil e que nunca cogitei a possibilidade de passar um dia, mas a vida eh assim, cheia de obstaculos, o que nao podemos eh perder o foco por causa de um deles.

Por hoje eh soh! =)

 

por Camila

Preparaçao para o TCF-Q e PEQ

Ola pessoal!
É com muita alegria que eu venho compartilhar com vcs que em 15 dias completo 12 meses de trabalho e ja vou poder pedir minha residencia permanente! Estou muuuuuuito feliz e ansiosa! So eu sei o quanto foi dificil chegar até aqui e ver o meu sonho se aproximando a cada dia de se tornar realidade… é maravilho! É surreal, magico! Estou vibrando alegria!
Com as mudanças das regras de imigracao, eu vou ter que comprovar idioma. Como o meu TCF-Q que eu fiz em 2012 ja tem mais de 2 anos, ele nao é mais valido para o MICC, entao tenho que fazer de novo. A prova ja esta agendada para 8 de setembro, e eu comecei minha maratona de revisoes e estudo. Como alguns ja sabem, meu método de estudo principal é a internet, principalmente o YouTube onde encontro farto material sobre diversos assuntos da lingua francesa. Gostaria de compartilhar com vcs os materiais que estou estudando, para isso eu tenho um grupo no Facebook (ele ja tem mais de 1 ano) e recentemente criei uma pagina onde vou compartilhar mais coisas. A ideia é que o grupo seja mais um canal para o pessoal tirar duvidas, interagir, e a pagina é um ‘diario’ onde eu vou postando videos/exercicios/noticias para vcs acompanharem.
Para quem se interessar, segue o link abaixo:

Pagina: http://www.facebook.com/lefrancaispourlequebec
Grupo: https://www.facebook.com/groups/152253024919892

Por hoje é isso! =)

por Camila

A Incrivel Geracao De Brasileiros Que Se Odeiam

Bonjour tout le monde! =)

 

Tenho certeza que alguns de voces devem ter se assustado com o titulo do post de hoje, mas eu precisava desabafar, e também precisava alertar as pessoas que estao pensando em imigrar (ou mesmo as que nao estao). No Brasil, é comum encontrarmos pessoas que dizem “brasileiro nao presta”, e eu tenho que concordar que temos alguns exemplares brazucas bem deteriorados. Mas nao podemos generalizar, muito menos associar a falta de carater a raça. Nao temos nenhuma prova cientifica de que brasileiros possuem um gene que o faz mais fdp que outros povos. Voce falar para um brasileiro que brasileiro nao presta, é triste… mas falar isso para um estrangeiro, é 1000x pior, pois isso pode fazer com que o gringo construa uma imagem de que brasileiro NENHUM presta. Ou voce acha que se voce falar para um canadense “brasileiro é tudo malandro” ele vai imaginar toda populacao do Brasil malandra e um circulo em volta do seu nome escrito “exception”? E sua familia, amigos, colegas de trabalho, eles merecem ser rotulados assim? Apos 1 ano e 2 meses vivendo no Canada, eu posso garantir que conheci gente boa e gente ruim, de todas as nacionalidades. Pessoas sao pessoas em qualquer lugar do mundo, pessoas tem defeitos, fazem coisas ruins, e isso NAO É DIFERENTE COM O CANADENSE. Nao venha para o Canada achando que Canadense é tudo gente boa e que fazem parte de um grupo de pessoas que estao acima da maldade. Aqui tem gente ruim SIM, como em qualquer lugar do mundo! O que muda é que o cara vai pensar bem antes de cometer uma fraude/um crime sabendo que aqui tem leis que funcionam. O maior problema do Brasil sao as leis, que sao feitas para passar a mao na cabeca de bandido, juntando esse triste fato de termos uma constituicao falha e uma desigualdade social gritante, o numero de bandidos aumenta. E se para crimes grandes a constituicao é falha, imagina para coisas “menores”, como furar fila, roubar chocolate na Americanas (e achar lindo contar para os filhos que fazia isso quando era criança), entre outros tantos pequenos delitos que as pessoas sao “educadas para cometer”. O problema é que a maioria das pessoas acha que o defeito do cara do lado é mais feio que o seu, tao mais feio e mais grave que acaba fazendo com que seus defeitos fiquem quase insignificantes.

Hypocrisie

Nao quero me estender muito nesse assunto, mesmo porque o intuito do blog é falar sobre minha vida e descobertas no Canada. Entao so para resumir, nao fique falando para todo mundo que brasileiro nao presta, pois isso pega MUITO MAL. É sério. Quem me conhece ja deve ter ouvido eu dizer a frase “nao nasci no Brasil porque eu quis, minha mae nao pediu minha opiniao sobre onde eu deveria nascer!” hehehe, sempre digo essa frase porque eu gostaria sim de ter nascido aqui ou em outro pais com melhor qualidade de vida e que eu nao tivesse sido obrigada a sair do meu pais deixando toda minha historia para tras, minha familia e meus amigos. Mas isso nao significa que eu acho que brasileiro nao presta! Eu estaria sendo muito malvada em dizer isso, pois estaria me referindo a varias pessoas que eu amo e admiro. Eu odeio a violencia do Brasil, odeio o transito caotico das grandes cidades, odeio a desigualdade social, e odeio principalmente essa constituicao velha e falha que faz com que o pais evolua a passos de tartaruga manca. Mas o brasileiro eu nao odeio nao, eu amo meu povo, somos alegres, somos trabalhadores, somos batalhadores, somos acolhedores e acima de tudo, NAO DESISTIMOS NUNCA!

Resumo da opera: favor nao meter o pau em brasileiro e sentar no seu proprio rabo.

 

Mudando de assunto…

Faltam 40 dias para eu ser elegivel ao PEQ!!!

Estou extremamente feliz e ansiosa, nao vejo a hora de colocar minhas maos no meu CSQ! Dia 13 de Agosto completo 1 ano de expérience québecoise e entao finalmente poderei pedir minha residencia permanente! Yupiiii!!! Nem acredito! Felicidade define.

Por hoje é so isso! =)

por Camila

Forte tempestade – WP negado, e depois, a primavera!

Eu sei que eu demorei uma era para atualizar o blog, mas aconteceu tanta coisa de janeiro para ca que eu nao sabia ao certo qual era o melhor momento para vir falar alguma coisa. No ultimo post que eu escrevi, eu estava tao feliz que eu nao podia imaginar que algo pudesse dar errado, ja que eu ja estava com o CAQ e o AMT aprovados e em maos. Assim que eu recebi o CAQ em Janeiro, eu ja fiz o pedido de renovacao do visto, depois de uns 20 dias recebi a resposta do CIC dizendo que primeiro eu tinha que solicitar a Permis de Travail para depois pedir o visto. OK, fiz o pedido da Permis no dia 12 de Fevereiro, e eles estavam com prazo de 5 dias uteis para processar. No dia 13 eu recebi a confirmacao de abertura do processo. Como meu visto havia vencido em dezembro, eu tinha até o dia 2 de marco para restabelecer meu status no Canada. Passaram-se 21 dias para eles processarem minha demanda, e entao no dia 3 de Marco, DIA SEGUINTE DO ULTIMO DIA QUE EU TINHA PARA RENOVAR O VISTO, eu tomei o maior susto da minha vida: logo que cheguei no trabalho recebi um email do CIC dizendo que a minha Permis de Travail havia sido negada.

Imagem

Eu tomei um susto tao grande com o primeiro paragrafo do email (que dizia que havia sido negado) e com o ultimo que nem me atentei em ler o paragrafo que dizia o motivo de terem negado. Isso pq o ultimo paragrafo dizia claramente que eu tinha que deixar o pais imediatamente e que medidas executorias (deportacao) poderiam ser tomadas contra mim. Eu nao consigo descrever o desespero que eu entrei, comecei a chorar compulsivamente e nao conseguia falar Ingles para explicar para minha amiga do trabalho pq eu tava daquele jeito, apenas consegui chama-la e mostrar o email. Nessa hora, eu que ja sou extremamente ansiosa/preocupada, ja estava imaginando a police de Montréal e a imigracao entrando no escritorio para me deportar. Entao minha amiga chamou meu chefe e ele perguntou o que tava acontecendo, ela explicou e mostrou o email para ele, e a unica coisa que eu conseguia fazer era chorar e pensar como eu ia fazer para repassar o bail e me desfazer da minha vida aqui para voltar para o Brasil. Entao ele me disse “eu sou canadense e conheco o governo, e sei que o que eles mais fazem é besteira. Ligue no CIC e c vai ver que foi algum erro deles.”; entao eu liguei, fui rapidamente atendida por um agente, ele me informou que minha Permis tinha sido negada pq eu nao tinha provado para eles que eu tenho passaporte, mas que ele estava vendo no meu dossie que tinha sido um erro deles, pois o pdf do meu passaporte estava la. Alivio. Ele disse que em poucos dias eu receberia um email com o update do meu dossie arrumando a besteira que fizeram. No dia seguinte eu liguei novamente, pq eu queria que eles me dessem alguma garantia que eles estavam tratando minha demanda, pois até aquele momento a unica coisa que eu tinha documentada era uma carta que dizia que eu tinha que deixar o pais imediatamente, a agente disse que realmente tinha sido um erro deles, mas que nao podiam me mandar tal email para documentar o andamento do processo, mas que eu seria contactada em poucos dias. No terceiro dia, eu liguei de novo, e entao recebi a informacao de que nao tinha sido erro deles, que o pdf do passaporte que eu fiz upload no site deles nao estava la e que eu tinha que sair imediatamente do pais. Fui na sala do meu chefe e disse que eu precisava do contato de um advogado, e ele me passou para um advogado de imigracao para tentar resolver a sacanagem que o CIC fez comigo. O Advogado me disse que ele ja passou por isso de fazer upload no site do CIC e eles dizerem que nao receberam o arquivo, que muito provavelmente era um erro do site mas que infelizmente era a minha palavra contra a deles, eu nao tinha como provar que eu realmente tinha feito o upload do passaporte, PORÉM ele disse que meu problema era patético pois de todos documentos que eu tinha que apresentar, o passaporte é o mais obvio que eu tenho né! Ou como é que vim parar aqui sem passaporte? Entao, ele entrou em contato com alguns agentes da imigracao para pedir para alguém resolver o pepino. Depois de 2 dias, ele me ligou falando que naquela semana alguém iria mexer no meu dossie. Mas foi so espera, ninguem respondia os emails, 10 dias de uma angustiante espera, sem saber o que ia acontecer, entao ele proprio me aconselhou a planejar minha viagem para o inicio de abril para o Brasil para que eu pudesse solicitar o novo visto em Sao Paulo. Ele mesmo me disse que nao tinha certeza se o meu visto seria concedido no Brasil pois como eu tinha acabado de receber uma carta me mandando sair do Canada, eles podiam negar. Meu Deus, contando isso agora me da até um aperto no coracao de lembrar o sufoco que eu passei. Fiquei dias sem conseguir me concentrar direito no trabalho e sem saber o que aconteceria com o meu emprego, pois se eu tivesse que ir para o Brasil, seria por uns 2 meses. Mas mais uma vez eu tive a prova de que o meu destino é aqui, pois meu chefe disse que eu podia ir tranquila para o Brasil e ficar o tempo necessario para resolver isso, que eu tinha 3 semanas para tirar de férias e que o restante eu podia trabalhar remoto. E assim se passaram 20 dias de uma espera angustiante, sufocante, que me tirava o sono, que me deixava com medo de ser presa a qualquer momento. NAO TEM COMO EU EXPLICAR… FOI PÉSSIMO. Entao, embarquei para o Brasil no dia 2 de abril e no mesmo dia corri com a papelada no CIC para dar entrada no Visto, como eu tinha comprado a passagem de volta para o dia 15 de maio, eu solicitei o maximo de urgencia. A menina do VAC disse que em 2 semanas no maximo eu receberia o pedido de exames médicos e que o visto seria despachado provavelmente no ultimo dia do prazo – 14 de maio, VÉSPERA DO MEU RETORNO! Mais agonia, mais ansiedade. Viajei no dia 5 de abril para casa da minha familia em MG, e no dia 8 eu recebi um email dizendo que meu passaporte ja estava pronto para ser retirado. Eu entrei em panico, fui de MG até SP chorando e lembrando de tudo o que eu tinha aqui, meus amigos que criei lacos fortes, minha casinha que eu tinha arrumado do meu jeito, meu trabalho, so conseguia pedir a Deus para nao deixar que a ultima ponta de esperanca que me restava se esvair. Cheguei em SP e fui direto no VAC, meu passaporte ja estava la me esperando, o rapaz me entregou o envelope e eu rasguei o envelope inteiro, peguei o passaporte e vi que tava la, estampado, sofrido, suado e chorado, meu Visto de Trabalho!

Imagem

So Deus sabe a mistura de alivio e euforia que eu fiquei… nao tem como explicar!!! Eu so queria sair de la e correr para encontrar meus amigos, abracar e chorar muito, dessa vez de felicidade! Entao depois de uns dias voltei para Minas e la fiquei até uns dias antes do meu retorno. O Permis de Travail eu peguei na imigracao do aeroporto de Toronto, e la mesmo me deram as instrucoes para pedir a Assurance Maladie. E enfim, o pesadelo tinha acabado, eu estava de volta na minha amada e linda Montréal, com meus amigos queridos, minha linda casinha e meu trabalho me esperando de bracos abertos!

Licoes aprendidas disso tudo:

  • Saber que o CIC pode causar gastrite (eu ganhei uma, mas isso eu conto no proximo post)
  • Uma das coisas mais importantes da nossa vida, se nao for a mais importante, é ter amigos, ainda mais quando moramos a milhas de distancia da nossa familia! Meus amigos foram o meu maior suporte aqui, eu nao sei como eu poderia ter suportado tanta pressao se nao fossem pelos meus anjos, em especial Ludhi, Vander, Pedro, os Fes, Rosalynn, Didi, Mr. Pin, Didi, e tantos outros que me ligavam diariamente, que oravam por mim (teve corrente de oracao até de pessoas que eu nao conhecia mto bem), e que tinham paciencia de escutar meu choro e me dar colo quando eu achava que nao ia aguentar.
  • Por mais que nos tenhamos planejado tudo, ainda assim as coisas podem dar errado, ainda mais quando depende de terceiros. Mas tudo pode ser revertido, se formos perseverantes
  • Perseveranca, persistencia, foco e fé sao elementos mais que essenciais na imigracao. Com esses 4 elementos, tudo da certo!
  • Eu nao tenho problemas de coracao. Certeza absoluta, se nao infartei em marco e abril, nunca mais infarto.
  • Apesar de toda essa tempestade, eu sou uma pessoa de muita sorte e vou ter muita historia para contar para os meus filhos.
  • Imigracao é para poucos. Certamente, muita gente teria desistido se tivesse na minha pele.

O post ficou enorme, mas eu precisava contar o que aconteceu e o motivo de eu ter sumido, é que eu queria postar novamente so quando estivesse com o visto em maos. Depois deu esse rolo todo, achei melhor esperar resolver tudo para depois ter historia para contar, e a minha tem um final feliz, thanks God!

Em menos de 2 meses completo 1 ano na empresa e ja poderei pedir enfim o CSQ, mas dessa vez vou controlar a ansiedade! 🙂

Para quem quiser saber o comeco da minha historia, leia o blog desde o comeco. Nao sao muitos posts e todos detalham bem a minha saga rumo ao Visto de Trabalho, e agora, rumo ao RP (residente permanente)!

Imagem

Por hoje é so! Boa sorte a todos! =)

por Camila

Qual foi o final de 2013?

Oi pessoal!

Primero post de 2014… fresquinho! Super fresquinho, congelante! hahaha.. brincadeiras a parte, ta um frio danado em Montréal, hoje quando acordei tava -41º de sensacao térmica, tive que sair e tava absurdamente frio… mas frio de verdade mesmo! Vi no jornal que ha 15 anos nao faz tanto frio assim.

Bom, eu queria contar um pouco do que se passou em 2013, ja que eu abandonei o blog e nao cumpri o que eu pretendia que era 1 post por semana, acho que por falta de tempo e de assunto também, embora eu tenha vivido o ano mais diferente da minha vida.

Vou tentar fazer um resumao das coisas que eu fiz em 2013:

– Fui para Mont Tremblant no comecinho de setembro, meu chefe tem uma cabana na beira de um lago e nos fomos passar um dia la, o lugar é fantastico! Tava calor, deu para entrar na agua e a noite quando comecou a esfriar fizemos uma fogueira e ficamos comendo marshmallow quentinho. Quero voltar la no inverno pq tem umas pistas de ski bem legais!

– Fui para Québec (depois de ANOS planejando), fiquei na casa de um casal de amigos, a mulher (Susana) cozinha divinamente bem e me encheu de comida boa! Fomos passear numa ilha vizinha (Ille d’Orléans), foi bem na época do Halloween, tinham muitas casas decoradas. A ilha toda é formada por chacaras com plantacoes de frutas, paramos em uma de macas e comprei a melhor geleia que ja comi na minha vida! 

– Fui no show do grupo que eu adoooooro, Les Cowboys Fringantes!!! Fazia tempo que eu nao pulava tanto em um show! =D

– Andei bastante de bicicleta por toda cidade e nao vejo a hora de poder andar de bike de novo.

Vi a primeira neve chegar… eu tava esperando tanto por isso! Acho que quem acompanha o blog nao consegue ter ideia de como foi angustiante a minha saga em busca do visto de trabalho, mesmo depois de ter conseguido o emprego, eu tinha medo de que por algum motivo o MICC ou o Service Canada nao aprovassem minha contratacao, e ai, eu teria que deixar o pais imediatamente, pois meu visto ja estava vencido. Entao a minha ansiedade para ver a neve chegar (quem me tem no facebook via que quase todo dia eu pedia p neve chegar logo rsrsrs), era exatamente pq eu queria ver a neve antes de eu ir embora, se algo desse errado. Inseguranca. Eu que sempre fui julgada por muita gente por ser segura demais, por confiar demais no meu taco e ja fui chamada até de prepotente por causa do meu OTIMISMO e PERSEVERANCA (prepotente eu nao sou MESMOOO!), tive muitos momentos de inseguranca, medo de nao saber o que ia acontecer… tudo passou pela minha cabeca! Eu posso dizer que parece que eu vivi 10 anos em 2013, pq foi um ano cheio de emocoes, nervosismo, angustia… e quando eu finalmente recebi a resposta de que estava tudo OK, eu peguei o meu CAQ e comecei a chorar pq foi tao dificil, foi uma pressao psicologica tao grande, que para mim foi como se o governo canadense me tirasse 1 tonelada das costas e a partir desse dia, eu pude realmente ter todas minhas noites de sono bem dormidas.

A primeira providencia que eu tomei quando recebi a aprovacao do meu processo foi alugar meu cantinho – até entao eu morava num quarto alugado – meu apartamento! Meu 3 1/2 lindo, do jeitinho que eu pedi para Papai do Céu! A localizacao é otima e exatamente como eu queria – perto do metro (3 minutos a pé) e farto comercio ao redor. O ape é a coisa mais linda, tudo novinho, a proprietaria reformou ele esse ano e trocou tudo! Eu ja comprei toda mobilia e aos poucos estou comprando as outras coisas, mas ja esta todo arrumadinho.

As vezes eu me pego pensando e parece que eu nem acredito que tudo deu certo mesmo no fim… mas deu! 

Aproveito o post para desejar um feliz 2014 a todos, que seja um ano prospero, cheio de saude e felicidade!

Se quiserem saber de alguma coisa, deixem nos comentarios… nao estou com muita ideia para posts.

 

por Camila